sábado, setembro 23, 2006

(alguns) Mecanismos de defesa do ego

(de acordo com a teoria psicanalítica)



Mecanismos de defesa do ego: estratégias inconscientes que a pessoa usa para reduzir a tensão e a ansiedade, fruto dos conflitos entre o id, o ego e o superego. São mecanismos que visam evitar a angústia resultante dos conflitos intrapsíquicos.


  • Recalcamento - pelo recalcamento, o sujeito envia para o id as pulsões, desejos e sentimentos que não pode admitir no seu ego. Os conteúdos recalcados, apesar de inconscientes, continuam actuantes e tendem a reaparecer de forma disfarçada (sonhos, actos falhados, lapsos de linguagem...).
  • Regressão - pela regressão, o sujeito adopta modos de pensar, atitudes e comoprtamentos característicos de uma fase de desenvolvimento anterior. Frente a uma frustração ou incapacidade de resolver problemas, a criança ou adulto regridem, procurando a protecção de épocas passadas. Assim, o nascimento de uma irmão pode levar uma criança a fazer chichi na cama (eunerese) ou um adulto, face a problemas, pode fugir à realidade refugiando-se em atitudes infantis (dependência excessiva, choro, chantagem...).
  • Racionalização - pela racionalização ou intelectualização, o sujeito, ocultando a si próprio e aos outros as verdadeiras razões, justifica racionalmente o seu comportamento, retirando assim os aspectos emocionais de uma situação geradora de angústia e de stress. Deste modo, com justificações racionais tenta explicar-se de forma "aceitável" porque se bateu no irmão, se faltou ao exame médico, se mentiu ao marido ou à mulher, etc.
  • Projecção - pela projecção, o sujeito atribui aos outros (à sociedade, a pessoas, a objectos) desejos, ideias, características que não consegue admitir em si próprio. São reflexos desde processo, frases como Fulano detesta-me; aquele indivíduo não suporta críticas; a sociedade não tem ideais solidários; a boneca é má..., quando é a pessoa que as profere que tem esses sentimentos.
  • Deslocamento - pelo deslocamento, o sujeito transfere pulsões e emoções do seu objecto natural, mas "perigoso", para um objecto substitutivo, mudando assim o objecto que satisfaz a pulsão. Exemplos: o funcionário que sofre de conflitos no emprego e é agressivo ao chegar a casa; a criança que desloca a cólera sentida pelos pais para a boneca
  • Formação reactiva - pela formação reactiva ou inversão dos aspectos, o sujeito "resolve" o conflito entre os valores e as tendências consideradas inaceitáveis, apresentando comportamentos opostos às pulsões. Assim, uma pessoa pode ser demasiado amável e atenta com alguém que odeia; um sujeito afasta-se de quem gosta; manifesta uma excessiva caridade para esconder um sadismo latente; uma pessoa submissa e dócil pode esconder um dominador violento.
  • Sublimação - pela sublimação, o sujeito substitui o fim ou o objecto das pulsões de modo que estas se possam manisfestar em modalidades socialmente aceites. A eficácia do processo de sublimação implica que o objecto de substituição satisfaça o sujeito de forma real ou simbólica. Frequentemente, a sublimação faz-se através de psubstituições com valor moral e social elevado. Exemplos: um pirómano pode ingressar num corpo de bombeiros, modificando as suas relações com o fogo, agora utilizadas de forma socialmente reconhecida; o amor platónico pode esconder desejos considerados inaceitáveis pelo sujeito. A arte tem sido estudada como uma área que permite sublimações.
Fonte: Psicologia 12º ano (2ª parte), Manuela Monteiro e Milice Ribeiro dos Santos, Porto Editora (www.portoeditora.pt)


Decidi deixar-vos com este excerto, um pouco comprido, porque é realmente fascinante como podemos ver algumas pessoas aí retratadas.
E também para vos anunciar que entrei em Psicologia na Universidade do Minho e que estou muito contente com isso. Era o que eu queria e espero gostar muito do curso, apesar de já ter visto que tenho algumas cadeiras que não têm nada a ver com uma aluna que saiu de Humanidades (como é o caso de Fundamentos Matemáticos da Psicologia O.o).
Uma vez que esta semana, que começa já amanhã, é a semana de eu me mudar para Braga porque já começam as "actividades" e depois as aulas, penso que não vai haver possibilidade de eu actualizar o blog durante a semana, pelo que se o fizer, será exclusivamente ao fim-de-semana. Deixo, desde já, o meu aviso :)

P.S. Podem usar do vosso direito de não ler isto tudo! :p

11 comentários:

Pintelho disse...

Olá caloira!

Pois é.

Esses são os mecanismos de defesa do ego segundo Freud, que tu vais estudar na disciplina de História da Psicologia.
Porquê?
Porque o programa do 12º (finalmente actualizado para 2006/2007) tem 50 anos e ignora toda a investigação que prova a psicanálise errada, infundamentada ou pura e simplesmente inválida devido à natureza não acessível experimentalmente de alguns conceitos.
Como estudas na melhor licenciatura do país vais ter aulas que não ignoram a investigação, e vais ter uma orientação cognitivo-comportamental - ainda que nenhum docente te obrigue a partilhares a mesma orientação -, as correntes com mais credibilidade científica e provas dadas em todos os campos. A psicanáise é, quase unanimemente (no departamento tens apenas uma docente de orientação psicodinâmica, e esta não te vai dar aulas no primeiro ano), história.
E este testamento para quê?
Para nada.
Para te dar os parabéns pela escolha, para te desejar um futuro como estudante brilhante e para te deixar o meu mail do MSN para adicionares caso te apeteça (joaomalheiro@msn.com).
Lá falaremos melhor sobre os próximos 5 anoss da tua vida que serão, indubitavelmente, inesquecíveis (estes doutores mudam tanto fora da praxe...).

Beijinhos do "doutor Pontinho"

eremita disse...

Fogo.. que volta que foste dar ó pintelho.. :P

Bem, eu usei do meu direito e não li tudo (mas já conheço estas lenga-lengas do meu 12º ano).

E já agora.. tás a olhar pra onde? Sou bonito é?
Pró chãooooooo caloiraaaaa! :P

Rock rola em Barcelos disse...

...ehehe...não leio até porque já li quando tive psicologia.e ja tou farto.

Pintelho disse...

Só leitores preguiçosos...

eremita disse...

pintelho, não foste tu que disseste que aquilo já está desactualizado? Então!
:p

SweetSerenity disse...

É bom saber que este post deu largas à conversa dos leitores aqui neste cantinho ;)

Pintelho disse...

Desactualizado não significa que não seja interessante. O meu blogue tinha imensas sátiras baseadas em Freud...
´´E um facto caloira. Mas abstenha-se a comentar e olhe para o chão antes que o doutor se chateie.

eremita disse...

Andei eu este tempo todo a dizer que tinha recalcamentos com isto e com aquilo, e soube agora que esta treta afinal tá toda errada.. que caraças..

Sim caloira! Ninguém lhe pediu opinião pois não? E mesmo que pedisse, a caloira não tem! :P

Anónimo disse...

Parabéns! Mais uma desempreg... argh... licenciada, daqui a uns anos (poucos, espero)...

Desejos sinceros de boa sorte!

E de resto fico com uma motivação extra para ir ao Enterro da Gata...

;)

Andreia disse...

Eu como aluna da UM/Universidade dos Açores (sim, os "pelintras" de preparatórios que levam dois aninhos nos Açores à espera que o tempo passe depressa pra se mudarem pra Braga)tomei a liberdade de comentar! Desde já os meus parabéns pela tua entrada no curso!Passando agora à questão, não concordo mt com a opinião do pintelho. De facto as teorias psicanalíticas já foram ultrapassadas, mas vejámos, falar-se em Psicanálise não é referir apenas e só Freud... Aliás, os últimos desenvolvimentos desta teoria, embora partissem do trabalho de Freud, vieram refutar muito do que ele tomou como certo, principalmente na área da psicoterapia... Esta conversa dá pano pra mangas e eu já me estou a esticar um bocadinho!

Muito boa sorte pro curso..o primeiro ano pode até ser um pouquinho seca..muita teoria que parece não ter muito a ver,mas no segundo vais perceber que até serve pa qualquer coisa e entras na Psicologia à séria!

Beijinhos do atlântico!****

Anónimo disse...

Ola querida
muito boa sorte....fiz um percurso interessante quando dei inicio a minha vida academica pelo curso de enfermagem e após um tempo de pratica me dediquei a psicologia e formação psicanalitica e hoje estou muito feliz e encontrada em minhas expectativas futuras...ja bem proximas...
um abraço do Brasil
kakacarbonari@gmail.com ou kkfabi@hotmail.com